Pular para o conteúdo
Consultas de Saúde | Revista Saúde, Bem-estar e Nutrição

Causas da dor facial crônica

A dor crônica na área facial é um sintoma muito complexo que sempre dá dores de cabeça para os médicos quando precisam fazer o diagnóstico correto.

Causas da dor facial crônica
Causas da dor facial crônica

Qualquer coisa pode desencadear essa dor, a partir de intervenções cirúrgicas até situações estressantes, mas ninguém sabe realmente qual é o mecanismo de seu desenvolvimento e progressão. A causa mais comum de dor facial unilateral é a neuralgia do trigêmeo, mas também há casos com uma causa não reconhecida classificada como dor facial idiopático persistente (Os eua possuem). Aqui há mais informações sobre essas condições.

Neuralgia trigeminal

A causa mais comum de dor crônica na área facial é a chamada neuralgia do trigêmeo, o que ocorre devido à compressão do nervo trigêmeo logo depois de sair do cérebro. O nervo trigêmeo é um dos nervos cranianos mais grandes e, entre outras funções, também inerva a região média da face do mesmo lado do corpo. A maior percentagem da superfície facial está sob o controle deste nervo. Alguns dos vasos sanguíneos que fornecem sangue ao cérebro (artérias cerebrais) podem altere e exercer pressão sobre o nervo trigêmeo.

Isto causa a estimulação do nervo e das sensações consequentes, os pacientes frequentemente relatam como uma dor ou sensação de pressão, geralmente em um lado da face. A dor pode sendo acionado ao escovar os dentes ou até mesmo tocar o rosto. É uma das condições mais dolorosas na medicina.

As opções de tratamento padrão para a neuralgia do trigêmeo incluem medicamentos anticonvulsivos e antidepressivos. Se a terapia com medicamentos não tem sucesso, podem-se realizar procedimentos de remoção cirúrgica para diminuir a pressão sobre o nervo. Cada vez mais pessoas estão se voltando para a medicina alternativa para ajudá-los com esse problema. Alguns testes mostram que a medicação e a acupuntura podem ter sucesso no alívio dos sintomas de neuralgia do trigêmeo.

Dor facial idiopático persistente (Os eua possuem)

Dor facial idiopático persistente (Os eua possuem)
Dor facial idiopático persistente (Os eua possuem)

Esta é uma entidade clínica relativamente recentemente definida, que abrange casos de dor facial crônica que não cumprem os critérios para a dor central. O início do que os eua possuem geralmente é desencadeada por alguma intervenção cirúrgica, extração dental, etc., mas a causa real ainda não foi identificado.

O que os eua possuem geralmente se manifesta como dor ou pressão, localizado em um lado do rosto e sem outros sintomas associados. Em geral, afeta os lábios e a área ao redor da mandíbula. Mais tarde no curso da doença, a dor pode estender-se a todo o lado do rosto de, o pescoço e para o braço. Às vezes, a dor também pode aparecer no outro lado da face.

É muito frustrante para os pacientes e os cientistas que nem a causa, nem os padrões exatos de manifestação se tenham estabelecido para os eua possuem. O processo de diagnóstico leva muito tempo, porque o diagnóstico geralmente é feito excluindo qualquer outra condição que possa causar dor facial. A electroneurografía (ENG) é o teste mais importante para a avaliação das possíveis alterações na transmissão neuromuscular.

Felizmente, existem opções de tratamento que podem ajudar a estes pacientes para aliviar seus sintomas. Os medicamentos utilizados para os eua possuem incluem medicamentos anticonvulsivos, antidepressivos e analgésicos opióides. Embora estes medicamentos podem ajudar com os sintomas, podem também afetar a qualidade de vida, devido a seus efeitos sobre o sistema nervoso central.